A eterna luta de classes, estereotipada pela cor do colarinho. Qual é a cor do teu colarinho?

Domingo, 5 de Junho de 2011
Assembleia de Voto

 

 

 

      

       Hoje passei por três diferentes assembleias de voto, todas de pequeníssimas freguesias, apesar de já ter votado antecipadamente devido às vicissitudes da minha atividade laboral. 

         Numa delas encontravam-se cinco membros na sala da assembleia de voto. Noutra freguesia, de semelhante proporção populacional, encontravam-se cerca de oito membros. Na terceira freguesia, indubitavelmente a de menor expressão populacional entre as três, encontravam-se cerca de dez membros!!! É lá,... aqui o serviço deve ser abundante!

         Cada membro presta um obrigatório e relevante serviço público, num impoluto exemplo de cidadania, um impagável ato altruísta para com a comunidade, remunerado a peso de e(o)uro. Não está o país a votos devido a crise? Então porque é que tanta gente é paga excentricamente para desempenhar um papel que deveria ser um dever de todo o cidadão? A pagar, que fosse tida em conta a proporcionalidade entre o serviço realizado e o caráter público inerente.

       Subrescrevi uma petição contra a isenção de remuneração aos membros da assembleia de voto, mas teve igual aceitação como o abandono do TGV.  

         Digam-me lá então o porquê? 

     Para que servem dez membros numa assembleia de voto de uma freguesia de infíma dimensão? 

         Porque é remunerado tão generosamente o exercício destas funções? 

         Qual o critério de nomeação dos membros para a assembleia de voto? 

         Porque vejo sempre as mesmas caras na sala do festim? 

         E esta, hem...? 

  



Traficado por Dinis Vieira às 15:50
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família

Procurar Cadáveres
 
Tráfico Recente

Assembleia de Voto

Arquivo do Gangster

Julho 2013

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Cúmplices Recomendados
Sobre Dinis Vieira
tags

todas as tags

subscrever feeds