A eterna luta de classes, estereotipada pela cor do colarinho. Qual é a cor do teu colarinho?

Sábado, 11 de Junho de 2011
O exemplo a seguir por um povo desnorteado

 

  

 

Foi com muito gosto que tive conhecimento de um reforço na internacionalização de mais uma marca portuguesa. 

Os sanitários Valadares, empresa sediada em Vila Nova de Gaia, vai dar um salto evolutivo na sua dimensão e projecção após ter assegurado esta semana mais um contrato internacional para exportação. Tem interesses em várias zonas e países, tal como na Europa, Dubai, Arábia Saudita, Austrália ou Coreia do Sul. 

Atualmente detem cerca de sessenta por cento do mercado nacional.  

   

 

 

 

 

 

 

 O sucesso empresarial além fronteiras torna esta marca numa embaixadora portuguesa, recolhendo prestígio para Portugal e cumulativamente para os produtos nacionais, que nesta altura de crise bem precisam de tudo quanto possa ajudar a impulsionar a rede negocial.

 

 

  

 

  

  Aparte da imagem transmitida para o exterior, é igualmente a imagem que é espelhada internamente que deve ser objeto de análise. Prova uma vez mais que por cá temos qualidade sobejando, e que urge explorar toda a potencialidade criativa dos recursos humanos em Portugal. É preciso quebrar o ciclo de estagnação, de emigração de mais valias, de défice de empreendedorismo.

Tem necessariamente de ser o ponto de viragem, apostando em nós próprios, para nosso benefício.

Chega de acatar pavidamente que trabalhamos pouco, mal, sem o rigor necessário. É tempo de nós mesmos provarmos ao mundo que em nada somos inferiores e não mais aceitar imposições ridículas que pretendem que acatemos.

Como a uma pessoa que se diga continuamente que está insã, ela mantem-se nesse estado letárgico. Esperar que alguém a ajude, afastando os seus opressores, é esperar em vão. Ela mesma tem que se erguer e encetar a mudança que precisa.

A lógica que surte do meu discernimento e, a alma que vive em mim, fazem-me crer que somos capazes. Força portugueses... força Portugal.  

 

 

  



Traficado por Dinis Vieira às 10:50
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

Terça-feira, 7 de Junho de 2011
1º Bloscar do Gangster vai para o blog... "Mesa Marcada"

Mesa Marcada é um blog que eu desconhecia, mas queria o destino que tivesse lugar marcado aqui como vencedor do 1º Bloscar do Gangster.  

 

É um espaço dedicado ao orgasmo dos sentidos, harmonizando a sua simbiose através da degustação de manjares e néctares, das bandeiras no desbravamento de restauração ainda desconhecida das massas. Causalidade intensa em satisfação e desejo venéreo, anunciam ao mundo que os restaurantes utópicos sempre existem, são reais, apesar de por vezes a preços surreais.  

 

 

Espaços encantadores como o restaurante Darwin's Café (em cima) ou o hermético clube de prazer sensorial Green Caterpillar (em baixo), remetem-nos para parques temáticos da culinária, onde as vertiginosas montanhas russas exortam o paladar através de sabores diferentes, invulgares e excitantes. Locais onde a monotomia das refeições diárias é albaroada e a carteira também. Todavia, são locais que enriquecem o nosso empirismo culinário, ou pelo menos adoçam os nossos sonhos. Eu confesso que me deliciei a ver imagens de extravagantes e aparentemente apetitosas iguarias, e a ler avidamente sobre o quão agradável e formidável são todas aquelas maravilhas descritas, ao qual não está alheio o bom gosto lírico dos autores do blog, Duarte Calvão, Miguel Pires e Rui Falcão, capazes de imprimir poesia a produtos caros e colesterizados, mas objeto de desejo. A ornamentação desses espaços é a lingerie dos pratos, exponenciando a já arrebatadora experiência. Ambientes que colocam os clientes descontraidos, libertando hormonas desinibidoras para um posterior escaldante serão a dois.   

 

 

  

Deparei-me com beleza, 

 

 

 

com desejo,   

 

 

com exotismo.  

 

 

 

  

No "Mesa Marcada" são abordados os elementos interagentes numa relação de afável coexistência: o vinho e o queijo. 

 

É uma relação de amor à primeira prova deixar-se deleitar pela volutabilidade do sabor de um queijo à medida que se enrola na boca e se envolve cumplicemente na tenacidade frutuosa de um bom vinho. 

 

São revelados os rendez-vous das melhores iguarias, como o vinho no Weinstube de Bernkastel (à esquerda), ou os queijos na Michel Van tricht and Son, em Antuérpia (em baixo), considerada pelo Wall Street Journal como a melhor loja de queijos no mundo em 2010.

Lamentável é que persista o desconhecimento da queijaria portuguesa de qualidade, que com a devida promoção além fronteiras teria todas as condições de ombrear com os produtos internacionais, tal como já sucede atualmente com os vinhos, desde que presentes em provas às escuras (prova de vinhos sem rótulo).   

      

 

É uma mesa marcada para consumir e comentar sem reservas, aqui ou por entre conversa de café, sem pudor ou tabu, agraciando as virtudes ou ostracizando os pontos negros. Remexam e comentem, açambarquem o blog, abocanhem-no, e descubram uma oferta diferente e de qualidade, abrangendo o que de melhor há na gastronomia. 

Definitivamente vale a pena conferir o Mesa Marcada, onde há sempre lugar para mais um. 

 

De Dinis Vieira, parabéns ao blog Mesa Marcada



Traficado por Dinis Vieira às 13:27
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | O que consta nas Ruas (4) | Junta-te à Família
|

Procurar Cadáveres
 
Tráfico Recente

O exemplo a seguir por um...

1º Bloscar do Gangster va...

Arquivo do Gangster

Julho 2013

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Cúmplices Recomendados
Sobre Dinis Vieira
Dívidas de Sangue
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
tags

todas as tags

subscrever feeds