A eterna luta de classes, estereotipada pela cor do colarinho. Qual é a cor do teu colarinho?
Domingo, 24 de Julho de 2011
Vergar a Europa

É uma ladainha comum ouvir dizer que é fácil apontar os problemas mas que quanto às soluções ninguém as apresenta. 

Pois bem, a pensar precisamente nessa situação foi elaborada aqui, após muita prospeção, uma lista de profissionais a soldo, daqueles que "fazem o trabalho", com garantia, sem perguntas.

Fica então esta oferta patriota, sem custos, onde o novo elenco governativo pode debruçar-se e avaliar os prós, pois os contras são quase ínfimos, tal a qualidade aqui reunida.  

 

A-Team: talvez, se conseguisse encontrá-los, devesse o nosso governo desenvolver esforços a fim de contratar este staff de recursos humanos para solucionar esta crise. Os únicos à altura da espinhosa tarefa, sobejamente conhecidos por A-Team. Para quem questione o real significado de A-Team, ficam a saber que se trata simplesmente dum anacronismo: Aonde Todos Erram, Acertamos a Matar. 

 

Vale e Azevedo: com última morada conhecida em Inglaterra, este homem é especialista em fraude, camuflação de off-shores, e reconhecido ainda por um vasto leque de trapaças e vigarices subtis que comprovam que o português pode estar ao mais alto nível dos padrões europeus. Tais dotes seriam certamente úteis ao nosso governo, de modo a que para variar fizéssemos em vez de nos fazerem.  

 

Fátima Felgueiras: com amplo conhecimento geográfico das terras de Vera Cruz, esta mulher é perita na arte das luvas, garantindo ao visado uma saída airosa para o Brasil no caso de qualquer contratempo. Esta é a mulher perita em absolvições nos corredores da justiça, garantindo inviolável a imunidade dos seus clientes.  

 

   

Paulo Pedroso: apesar de subsistirem dúvidas acerca do seu real papel nesta organização, este homem apresenta-se formalmente como político profissional, diplomata encarregue de ser a face política perante a comunicação social, de toda a estrutura envolvente. 

 

Valentim Loureiro: com amplos conhecimentos dentro das forças armadas, este homem é um contacto incontornável para o sucesso de qualquer operação financeira menos funcional, que requeira uma intervenção mais musculada. O major dá cartas igualmente em determinados concelhos do litoral norte, onde a sua influência é crucial. 

 

 

  

Casal Mcann: peritos na camuflagem, não há lavagem de dinheiro que possa vir a público. São dois, são um casal, são Bonnie & Clide do século XXI. 

 

 

 

 

 

  

Gangue da Retroescavadora: deitam a mão na massa como mais ninguém, sem no entanto serem capturados ou sequer identificados. Nesta altura, é mesmo o que Portugal precisa: deitar a mão na massa. 

 

  

Bibi: protagonista como duplo em "Correio de Risco", este é o homem certo para uma fuga de emergência. Para garantir o sucesso, há que ter um condutor capaz de transportar os clientes. 

 

 

  

Dona Branca: com esta diva, a Europa tremeria. Perita na arte de emprestar o dinheiro dos outros, obtendo lucros exorbitantes. Faz omoletes sem ovos. Quando a Europa ainda nem sonhava sequer em aplicar a Portugal e à Grécia este esquema, já a mulher era uma lenda no campo em questão. 

 

 

 

 

 

Pinto da Costa: o pilar de toda a equipa, o padrinho onde todos se vergariam. Este homem não sabe o que é falhar. Não olha a meios para atingir os objectivos, olha somente para os resultados. Não verga, não teme, não deixa farpa por responder. Controla magistralmente dentro e fora das normas, satisfazendo as necessidades mais básicas dos seus clientes. 

 

 

 

 Eis uma pérola do Gangster, composta por diversos Gangsteres de elevada craveira, pronta a servir o país... e a vergar a Europa.  



Traficado por Dinis Vieira às 17:58
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

Sábado, 23 de Julho de 2011
A Simplicidade da Boa Disposição

 É possível ficarmos mais bem dispostos sem recorrer a estratagemas complexos ou elaboradas ideias humorísticas. A simplicidade patente neste filme não deixa ninguém indiferente. Vejam e regalem-se conquanto se recordam dos vossos putos ou sobrinhos. 

 



Traficado por Dinis Vieira às 23:38
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

And time goes on...

 É mais um clássico "Antes e Depois" para compararem as diferenças, e assimilarem as mudanças que o tempo físico e social provoca nas pessoas. 

Já agora, vejam lá se reconhecem estas figuras públicas do cinema e televisão. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Traficado por Dinis Vieira às 14:30
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

Edição Google - Amália

Congratulo a malta do Google Portugal por assinalarem a data de aniversário da nossa Amália com esta singela homenagem, mas repleta de significado. Vem demonstrar que a grande fadista ainda reina entre nós e está para durar. 

Parabéns Amália. 

   

 

 



Traficado por Dinis Vieira às 14:10
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

Youtube Tuga

Aqui fica mais uma ajuda para o vídeo português "Fat like a Boss", que subiu inesperadamente no Top dos filmes mais visionados do site Youtube. Quando a notícia saíu cá para fora há alguns dias atrás, o vídeo encontrava-se no Top 20. Neste momento está com toda a justiça no Top 10. É a fábula da ascensão meteórica de um plebeu a estrela planetária devido a um simples filme de um minuto.  

Não é tanto pelo conteúdo, apesar de ter o seu valor, mas sim pela ascensão de "produto" nacional. É sempre agradável de ver. 

Apoiem-no visionado-o mais uma vez, mesmo que já o tenham feito. Força Portugal, força Guedes. 

 



Traficado por Dinis Vieira às 13:40
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | O que consta nas Ruas (1) | Junta-te à Família
|

Segunda-feira, 18 de Julho de 2011
Ainda há Feitos Inéditos para Alcançar

...só é preciso usar a imaginação. 


E eu a pensar que já tinha visto de tudo...! 

 

 

 

Jogo amigável entre os Emirados Unidos e Líbano, que terminou 6 - 2.

Consta que os jogadores do Líbano foram tirar satisfações devido à "provocação". 

 

Um golo num penalty marcado de calcanhar, fica sem dúvida prá história deste desporto. 

 

 

 



Traficado por Dinis Vieira às 18:29
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

Domingo, 17 de Julho de 2011
Ascensão do IV Reich

Antes foi assim... 

 

 

 

Agora é assim... 

  

 

 

O IV Reich já se encontra entre nós, mas desta feita a máquina propagandista foi substituida pela bem mais eficaz máquina capitalista. Os alemães perderam a guerra que eles próprios encetaram com propósitos económicos, e aprenderam bem a lição com os seus inimigos, adotando agora a oleada e eficaz camuflagem do modelo da economia atual. 

Ninguém aceita ideias novas pela força. É preciso apresentar as mudanças de forma subliminar e sugestiva, deixando as pessoas interiorizarem-nas, pois deste modo a sugestão irá ser aceite sem contestação e nem será minimamente posta em causa.

É precisamente o que sucede no caso do império do capitalismo. Nascemos dentro deste meio e a maioria de nós nem sequer põe em causa o seu funcionamento. 

O povo alemão tem-se mostrado inconformado com os avultados empréstimos cedidos à Grécia e a Portugal. No entanto, os juros exacerbados que lhes estão associados levarão a receitas recorde para o seu orçamento. Só há ganhos. No improvável, digo eu, caso dos países endividados não repagarem os valores em falta, os credores irão pedir o dinheiro junto das garantias que foram apresentadas. Não há risco, isto é negócio puro e duro, de exploração não só de economias mais débeis, mas igualmente de governos sem pulso. 

 

Como sabem, isto não foi criado da noite para o dia. Para que os países chegassem a este ponto de endividamento, foi necessária uma preparação a longo prazo. Daí a imposição de cotas, ou seja de limites à produção através da exploração dos recursos destes países. Adveio que estes tiveram que adquirir o que não podiam produzir às nações onde as cotas continuavam a permitir um excesso de produção.

Lucro fácil para alemães e companhia. Dívida fácil para Grécia e companhia. Antes a Alemanha e companhia pagavam à Grécia e companhia para não produzir, agora emprestam para finalmente cobrar os dividendos, que se juntam ao lucro obtido anteriormente pelas exportações extraordinárias, e que ainda se mantêm pois na Grécia também é preciso comer e já não têm estrutura para suportar tal produção. 

 

Observem a primeira imagem, do III Reich, onde se pode observar que a Grécia lá se encontra. Não conseguiram à primeira, mas o bom aluno retornou poucas décadas depois com uma nova abordagem, e lá conseguiu subjugar os infelizes gregos. Para mal dos nossos pecados, também fomos enrolados desta feita. Apesar de por princípio ser contra a ditadura cega de António Salazar, dou a mão à palmatória neste aspeto, que ele soube gerir magistralmente o nosso afastamento do declínio. Já nessa altura, a miséria e a desgraça de uns foi o mote para o enriquecimento de outros, incluindo Portugal que aproveitou para guarnecer o stock de ouro. Todavia desta vez não temos uma pessoa pragmática a conduzir os destinos da nossa nação, mas sim uns pobre tolos, iludidos por discursos europeus de glória e prosperidade, de um futuro de irmandade e igualdade, em que todos juntos prosperamos: caíram no goto da camuflada máquina propagandista do IV Reich. 

 

Como se encontra ilustrado na segunda imagem, Merkel propõe para os demais o que não faz na Alemanha. Não faz porque não precisa. Não precisa porque nós os sustentamos, desde as exportações dos últimos 20 anos, e agora a pagar os empréstimos solidários com juros que falam por si, não em irmandade e igualdade, mas sim em subjugação à pseudo-superioridade da raça alemã. Sempre foram nazis, agora somente nazipitalistas. 

 

Só falta mesmo a sublevação para o mundo da voz dum líder, ao bom jeito de Hitler. 



Traficado por Dinis Vieira às 11:28
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | O que consta nas Ruas (1) | Junta-te à Família
|

Sexta-feira, 8 de Julho de 2011
Explicação Cabal

Este senhor, que de resto eu pessoalmente considero dos comentadores nacionais mais assertivos da atualidade, faz neste vídeo a melhor explicação dos atuais acontecimentos que infligem Portugal. É sem dúvida uma explicação cabal. 

 

Para quem não teve a oportunidade de o ver na televisão, verifiquem aqui a opinião sustentada da crua realidade. 

 



Traficado por Dinis Vieira às 14:51
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

Quinta-feira, 7 de Julho de 2011
Portugal precisa de ti...
...não te excluas por estares revoltado com o Portugal mendigo de hoje pois em nós reside a mudança. 
Vamos todos ajudar a enviar este saco de lixo para a Moody's, porque com a força de todos nós o saco deste vídeo pode ir muito mais longe do que o verdadeiro que foi enviado pelos correios. 
Para já, pela altura em que coloco este post, o vídeo ainda tem poucos acessos. Não deixes de contribuir, pois tu és parte inalienável desta nação. Somos melhores do que nos querem fazer crer. Somos mais do que isto,... do que lixo. 
Isto é a escravatura do século XXI, que não descrimina raça ou género, mas descrimina nacionalidades. A Moody's, a Standard & Poor's e a Fitch Ratings, representam o domínio colonial da idade moderna. Sem dúvida são matéria fina para este blog, pois são os verdadeiros gangsteres de colarinho bem vincado e de cor bem demarcada. 
Não se compreende o porquê da União Europeia não se ter antecipado na criação duma agência de notação financeira, tal como a iniciativa chinesa com a Dagong. 
De qualquer modo toda esta crise tem interesses por detrás como todos nós sabemos. O que nem todos sabem é que não se tratou duma crise inevitável do sistema financeiro, mas sim dum caso de premeditação. Os ciclos de crise são peça chave para determinadas elites mundiais auferirem rendimentos exorbitantes. Já não é a primeira vez. A grande depressão de 1929 nos EUA foi premeditada. A viabilidade de muitos dos maiores conflitos armados que aconteceram na história do século XX e o seu alongamento no tempo, caso do Vietnam, foram premeditadamente provocados.  
Se nunca ouviram antes e desejam saber toda a verdade... vejam o filme "Zeithgeist". 
Trata-se de um filme que representa um movimento crescente. Pessoalmente, concordo com todas as conjeturas económicas e militares que são apresentadas, mas tenho reservas quanto a algumas alegações do foro religioso que o movimento aborda. 
Em breve, farei aqui uma abordagem mais extensiva a este tema. 
Por ora, reforço o apelo para que visionem o vídeo aqui colocado e passem a mensagem. 
Acredito em Portugal, acredito em nós. 


Traficado por Dinis Vieira às 21:28
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

Segunda-feira, 4 de Julho de 2011
Sobe a Temperatura...

...e a gente seduz-vos com ternura. 

 

 



Traficado por Dinis Vieira às 20:46
Endereço do Antro | Chiba-te ao Gangster | Junta-te à Família
|

Procurar Cadáveres
 
Tráfico Recente

Movimento Anti-Pesca

Corrupção na Origem da Bo...

O Real Crime de Colarinho...

Blogosfera Fotográfica: D...

A Questão da Instabilidad...

Extinção de Freguesias? S...

O Cavalo Azul de Rínia

Como potencializar o inte...

Instinto Animal

Oferta de Trabalho: Procu...

O Mundo poderá realmente ...

Humor Animado

Voz de Coragem

Curiosidades: Por uma unh...

Curiosidades: Ladrão com ...

Curiosidades: Ladrão com ...

Biografia de um Larápio

Ser Idiota Chapado está n...

Memorial às Vítimas de Mu...

Crónicas dum Proxeneta

Dicas para Poupança dentr...

Falsas Aparências

Passo em Falso

Tutorial Português dos Tá...

Tutorial infantil: o que ...

O Penhasco

Os Tachos

Arquivo do Gangster

Julho 2013

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Cúmplices Recomendados
Sobre Dinis Vieira
Dívidas de Sangue
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
tags

todas as tags

subscrever feeds